quarta-feira, 9 de abril de 2014

Num timido regresso... Vamos limpar o escritório ou espaço de trabalho!

Sinto a necessidade de escrever depois de me ter confrontado com uma série de coisas que entendia importantes de resolver.
 
Necessito de objetivos, que me permitam ser , permitam a redundância, objetiva quanto ao futuro. Há quem diga que sou demasiado exigente. E sou. Porque não sei o dia de amanhã, porque quero viver tudo a que tenha direito, de preferência no curto prazo. Tal como os demais acredito na felicidade e não sendo uma felicidade plena, pois somos demasiado insatisfeitos, gosto de sentir felicidade q.b.. No meio de tanto objetivo, começei a sentir alguma falha no fluxo energético. (Muito esotérico, verdade?) E entendi que precisava de mudança. Pronto. Instalou-se o caos. Mas eu gosto deste caos que me faz valorizar N coisas e desvalorizar outras tantas.
 
Foi assim que, no passado dia 28 de março revolucionei o escritório! RECICLAGEM foi palavra de ordem. Só não deitei mais papelada para o lixo porque "nunca se sabe se necessitarei disto num espaço de 2/3 anos". No entanto, tudo o que era papelada referente a assuntos mais do que tratados, desde a vida pessoal à profissional, teve como destino a reciclagem. Livros técnicos desatualizados, reciclagem. Apontamentos relidos e refeitos, reciclagem. Contas antigas sem interesse atual, reciclagem. Etc Etc Etc. Foi desde as 15h00 às 20h00. Tudo retirado dos móveis, mexido e remexido, escolhido e com destino traçado lá fui enchendo sacos e sacos.
 
No final do dia senti um enorme alívio e percebi que esta tarefa que estava pendente há muito, foi muito positiva.
 
Por isso, recomendo que, trabalhando em casa ou fora dela, limpe o escritório.
 
1º Defina um sítio para começar. Concentre-se pois só deverá abandonar esse espaço apenas ao entender que a tarefa está terminada.
 
2º Livros, diários, registos, outro tipo de documentação cujo período obrigatório para arquivo esteja ultrapassado ou, não obedecendo a prazo mínimo de arquivo, não é consultado nos último 1/2 anos, ou que esteja desatualizado, recicle sem dó nem piedade!
 
3º Bibelots e bonecada a enfeitar, porque foi oferta do(a) melhor amigo(a), do(a) namorado(a), do(a) avô(ó), do pai, da mãe, do cão ou do gato ou qualquer outra pessoa do coração, deixe apenas exposto o mínimo e o que lhe é verdadeiramente importante quase como se de um talismã se tratasse. Tudo o resto recicle, ofereça ou pura e simplesmente guarde em sítio próprio para o efeito como por exemplo uma caixa de recuerdos!
 
4º Limpe e renove a decoração. Se tem muitas fotos expostas, deixe as essenciais. (as minhas pratelerias pareciam uma exposição das crianças da família... Sobrinhos, primos e afilhados foram guardados para momento oportuno à elaboração de um eminitente albúm de família). O mesmo para os bibelots e souvenirs (reciclados no ponto anteior).
 
5º Faça compras dentro de casa! Simples. Se calhar o jarrão que tem na sala, pode ser um elemento decorativo do escritório. Renove-o. Pinte da sua cor preferida, sendo que para o escritório vai muito bem um branco ou um verde claro, cores que transmitam calma e serenidade.
 
6º Arrumados os espaços de arquivo e os à vista, dê um novo ar à sua secretária! Este espaço quer-se desocupado e limpo de tralha. Limite-o ao computador e ao telefone, bem como a um ou outro elemento decorativo, uma foto muito especial e uma pequena jarra com flores são, para mim, elementos suficientes e essenciais. Para mim, as flores têm de ser frescas, pois detesto as de plástico, no entanto, existem lojas que oferecem flores de plástico muito reais, ainda que a um preço menos convidativo (claro que se somarmos o valor que gastamos em flores frescas ao longo do ano se calhar seria um investimento interessante).
 
7º Lave cortinados e abajours. Renove candeeiros, por simplesmente mudar de sítio ou, se financeiramente viável, mude os abajours (tenho uns trabalhinhos pendentes de que oportunamente falarei).
 
8º Tudo limpinho e lavadinho, disfrute do novo ambiente por si criado!
 
O mesmo se aplica ao espaço de trabalho que ocupa no escritório fora de casa! Nada de papéis por arrumar, isso só atrai mais confusão e problemas pendentes de resolver, o que por norma representa enormes dores de cabeça e um humor insuportável. Seguidamente falaremos de como e porquê resolver os problemas.
 
Hoje é dia de arrumar o escritório!


1 comentário:

  1. Linda menina!
    Gosto do teu foco, querida!
    E quando houver um bebé, a tia Nina faz questão de mandar uma prendinha, destas que faço.
    Fica bem e sê tu!
    Beijo

    ResponderEliminar

A sua opinião conta!