segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Reunião muiiito importante

Convocada para uma reunião com cerca de uma semana de antecedência, e uma reunião com pessoas muito importantes, lá fiquei eu com tremelicos!
 
Para evitar chamar negativamente a atenção sobre a minha pessoa, preparei tudo ao pormenor. Os temas a abordar (do meu ponto de vista) foram impressos e organizados, o caderno de reuniões e os cartões de visita também. Tudo arrumado dentro da mala para não esquercer nada. Para prevenir, coloquei na mala duas canetas, não fosse uma delas falhar, ou alguém próximo precisar. Na mala arrumei ainda uma garrafa de água e lenços de papel.
 
Na véspera tratei da manicure e retoquei a estética facial (ui, estava com umas sobrancelhas bonitas!). Também na véspera tratei da endomentária e acessórios.
 
No dia, acordei bem cedo, de banhinho tomado, tomei o café com calma, espreitei os últimos e-mail e aproveitei para renovar pedidos ainda sem resposta. Duas horas antes da reunião, toca de vestir e maquilhar. Saio "do escritório" uma hora antes da reunião. Tenho tempo para abastecer e, com calma, fazer o trajeto até ao local. Chego e encontro logo lugar (isto perto do Marquês! é preciso estar bafejada de sorte!). Apresento-me nos escritórios com 15 minutos de antecedência. Ajudo a recepcionista a encontrar o meu nome e subo para o piso indicado. Chegada ao local de encontro, sou convidada a esperar numa sala de reuniões e ainda me oferecem um café ou um chá. Declino os dois, surpreendida com tanta atenção.
 
Entro na sala de reuniões e, apesar de não me ser pedido, apresento-me a mim e a quem represento. A reunião decorre dentro do que eu já imaginava, apesar de a solução apresentada não agradar, mas enfim, não tenho outro remédio a não ser o de partilhar com o cliente.
 
Sorte a minha que o final da reunião coincidiu com o final do tempo de parquímetro. Juro que por momentos ainda me atravessou a ideia de que teria de regressar a pé, mas como estamos no novo ano, que se quer positivo, lá sacudi essa ideia e, serenamente, esperei pelo seu término.
 
Despeço-me com um cordial aperto de mão de todos os intervenientes e, acompanho os lesados (incluindo eu) no elevador. Sempre sem abrir a boca. É mesmo caso para dizer que entrei calada e saí muda.
 
Mas, nada nervosa até porque, durante o caminho passou esta música na rádio, e foi assim que me senti: FORTE e DECIDIDA!



Fica a sugestão: Prepare-se, certifique-se de que não chama a atenção negativamente, saia com antecedência e acredite nas suas capacidades!

2 comentários:

  1. Portanto, correu bem é o que importa :)

    ResponderEliminar
  2. Minha querida, muita paciência! You gotta be strong!
    votos de muitas felicidades, muita saúde. E... espero a tua visitinha no meu blog.
    Beijinhos e Abraços,
    http://aimartjv.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A sua opinião conta!