segunda-feira, 18 de junho de 2012

Motivação #2



Ao trabalharmos em casa, independentemente da componente monetária é muito fácil desmotivar. Principalmente depois de sentirmos que todas as vantagens de trabalhar em casa já perderam o seu encanto. Daí ser demasiado importante ter tempo para se dedicar a actividades extra. De preferência, fora de casa. Ou, não sendo fora de casa, que seja possível aproveitar o tempo livre para estar em família.
A primeira regra tem de ser a de sair a horas do trabalho. Desligue o computador. Arrume as pastas. O ideal, é ter um armário que fechado, ninguém perceba que se trata do seu espaço de trabalho.
Tire o resto do dia para si e para a sua família. Imagine a quantidade de tempo livre depois de sair à hora normal. E duplique o tempo se tiver o cuidado de adiantar trabalho durante o fim de semana, como por exemplo engomar toda a roupa a vestir durante a semana. Preparar o pão e os iogurtes a serem consumidos e ainda, preparar uma a duas sopas que congeladas servirão para toda a semana.
As horas livres aproveite para ler um livro, dar um passeio a pé com um amigo ou com um familiar, melhor ainda, transforme a sua casa de banho num verdadeiro SPA: faça uma limpeza facial, uma manicure e pedicure caseira. Esqueça os problemas e verá como o dia a seguir será vivido com muito mais calma. Às vezes, não precisamos ganhar mais dinheiro para nos sentirmos profissionalmente realizados. Basta perceber que todos (ou quase todos, vá!) temos de trabalhar contribuindo positivamente para o crescimento da economia e, trabalhar não tem de ser uma coisa negativa, não tem de ser um peso a ser carregado diariamente.
Se o seu patrão insiste que tem de trabalhar mais horas, opte por entrar mais cedo. 
Claro que isto não significa que tenha de aceitar tudo como certo! Se sentir que a responsabilidade assumida não está de acordo com o vencimento, deve discutir com o patrão como podem encontrar o equilíbrio. Mas, antes disso analise o mercado para concluir se vale ou não a pena abordar o assunto com a hierarquia.

Resumindo: Sair a horas e dedicar-se ao que mais gosta pode ser uma mais valia.

Próximo post: Stress.

5 comentários:

  1. Olá !
    Sempre pensei como seria bom trabalhar em casa... Mas realmente tem vantagens e desvantagens...
    O que sinto é que temos muito pouco tempo para estarmos com a nossa familia, e o trabalhar fora de casa faz-nos chegar ao fim do dia cansados e muitas vezes com um enorme stress, por causa do transito, dos transportes do próprio dia que não correu bem, etc... e que nos faz chegar a casa num final do dia e muitas vezes não ter a disposição necessária e que se queria para estarmos em familia tranquilamente.
    Trabalhar em casa talvez ajude neste aspecto.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Olá Ana Rita, venho agradecer a mensagem tão simpática,
    obrigada um beijinho:)

    ResponderEliminar
  3. Também trabalho em casa e adoro, principalmente porque trabalhamos os 2 juntos :P

    Grande beijinho!

    ResponderEliminar
  4. Tive um período de trabalhar fora de casa e voltei a trabalhar em casa, e já custa bastante...

    se aderiu à moda da marmita, ou gosta de cozinha prática, visite http://amarmitalisboeta.blogspot.pt ;)

    ResponderEliminar
  5. Olá Ana! Obrigada pelo seu comentário.
    Beijinho

    ResponderEliminar

A sua opinião conta!